Buscar

Matéria Jornal Valor Econômico

Pesquisa com empresas alemãs veem 2022 melhor


Em pesquisa realizada pela Câmara de Comércio Brasil-Alemanha de São Paulo com seus associados, as empresas apesar de mais otimistas que em 2021, apostam na retomada econômica do Brasil, somente em 2022.

Fatores como câmbio, custo alto da matéria-prima, fraca demanda, além do conflito da Ucrânia e a pandemia podem resultar num cenário geopolítico favorável ao Brasil, com oportunidades de novos negócios à medida que as cadeias globais de produção se reorganizam.


Este panorama vem de pesquisa realizada pela Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo entre 1º de fevereiro e 18 de março, com adesão de 120 empresas, sendo 41% delas com mais de 500 colaboradores e 20% com quadro entre 100 e 499 funcionários.


Detlef Dralle, vice-presidente da câmara e diretor presidente da HTB comenta ao jornal Valor Econômico que as respostas mostram a resiliência das companhias de origem alemã, mesmo com o ambiente desafiador dos últimos três anos e o atual cenário de incertezas. Em razão do período da pesquisa, explica, parte das respostas foi coletada antes da eclosão da guerra Rússia-Ucrânia. Dralle avalia, porém, que o conflito não mudaria significativamente a perspectiva das empresas.

Confira no link abaixo a integra das entrevistas de Detlef Dralle e também dos membros da Câmara, Manfredo Rubens, presidente da câmara e presidente da Basf para a América do Sul, Paulo Alvarenga, CEO da Thyssenkrupp South America, Martin Duisberg, representante-chefe do DZ Bank, Eliane Siviero, diretora presidente da Lanxess.


Veja na íntegra:


Link da Pesquisa de Conjuntura e Economia

https://www.ahkbrasilien.com.br/publicacoes/pesquisa-de-conjuntura-e-economia


Link da matéria no Valor Econômico:

https://valor.globo.com/brasil/noticia/2022/05/17/empresas-alemas-veem-2022-melhor.ghtml